Acompanhe nas Redes Socias!

 

Urnas Eletrônicas e Voto Obrigatório são incompatíveis com a Democracia

 

 

         Que o Brasil não é uma democracia sabemos todos há tempos. Os detalhes por vezes passam desapercebidos da maioria (ah, a maioria... Aquela maioria que delirou com Hitler e pediu que soltassem Barrabás...) dos brasileiros entorpecidos pela telealienação diária, seja da Globo, seja das outras, todas aspirantes a serem iguais à Globo quando crescerem.

            Eis um deles. As Urnas Eletrônica utilizadas no processo eleitoral brasileiro já vêm pré-programadas ou são reprogramadas após o eleitor-otário digitar o que quer que seja; o TSE contrata uma empresa de informática (jamais revelada) que se encarrega de todo o processo e este é tão descaradamente fraudado que até a Folha de S. Paulo, um jornal, cabe ressaltar, já digno de confiança, época em que o slogan “de rabo preso com o leitor” fazia sentido, a Folha, então anuncia o resultado das eleições por volta de 3 horas da manhã do dia da votação (cerca de 5 horas antes de os cadastrados no Serviço Eleitoral Obrigatório tenham se dirigido aos locais impostos para exercer o que deveria ser um direito e se transformou, por causa da propaganda e da inércia, da pasmaceira do respeitável público, uma obrigação) e isto há mais de 15 anos: A Folha usa uma coisa que chamam de "pesquisa de boca de urna", feita na véspera da eleição (possivelmente consultando somente as urnas por algum processo misterioso, não os supostos eleitores) que acerta sempre ou denuncia inconscientemente, do alto de sua arrogância, a fraude com antecedência. Ora, votar é um direito civil, como casar-se ou não; ter religião ou não.... Não por acaso em TODOS os países democráticos do mundo a participação no processo eleitoral é facultativa. Por aqui, FALTA Democracia já neste quesito!

O Voto Obrigatório no Mundo

Fonte Digital: http://direito.folha.uol.com.br/blog/voto-obrigatrio-no-mundo

            Como várias notícias que vão ao ar nas Grandes Redes noticiosas do país sempre que há eleições em algum nível (aqui e ali se pesca alguma verdade, mesmo na televisão! Esta me chegou através de um primo querido, membro da Família Curvello, uma das mais antigas do Brasil, coisa de que ambos nos orgulhamos muito!) e informa de uma cidade em que o escândalo foi grande. Muita gente – inclusive o próprio candidato – digitou corretamente o número do cara na Urna Eletrônica, viu o rosto dele na tela e apertou “Confirma”. Resultado dado pelo Juiz Eleitoral: nenhum voto (ZERO) foi computado para ele. Como se explica? Os técnicos em Informática se debruçam sobre o tema, explicam as brutais fragilidades da Urna Eletrônica Brasileira e um dublê de porta-voz do TSE informa que “será investigado se, no caso apresentado, houve alguma irregularidade ou não”. Tá...

          Não que adiante grande coisa, já sabemos que o que digitamos na urna eletrônica é olimpicamente desprezado pelo sistema como um todo. Mais por protesto, por ter de sair de casa para participar de uma FANCARIA, VOTE NULO!

Digite "00" e CONFIRME

 

 

E-Books Mais Vendidos

 

             Agora, ser OBRIGADO a votar num processo eleitoral entre candidatos em que não se pode acreditar e num treco em que não se pode confiar é o fim da picada, francamente! Já não basta o fato de simplesmente não haver alternativa entre os candidatos a cargos majoritários? Ora, todos os partidos concordam que o melhor encaminhamento para a política brasileira é entregar a gestão da economia aos banqueiros e apostadores na Bolsa de Valores (os caras que lhes custeiam as caríssimas campanhas). TODOS que eu digo, vão do PSOL ao DEM, passando por PSDB, PSTU, PT, PTB, PRB, PQP e o escambau. Não há uma única proposta séria de se colocar a economia – o dinheiro – a serviço do ser humano. Neste mundo neoglobalizado, o ser humano deve estar a serviço do dinheiro (uma ferramenta besta que criamos para simplificar nossa vida e hoje se tornou dona de todos nós. Teço algumas considerações aprofundando este tema em TRINCHEIRA DA RAZÃO: Para sair desta Crise Clique aqui para ler...

            Precisamos urgentemente de Planejamento Econômico sério! Existe um “sinistério do planejamento” entre os cerca de meia centena de ministros e assemelhados que o número deles cresce na mesma proporção em que aumentam os impostos e decresce o serviço público;.mas nos últimos 5 governos só têm “planejado” cortes no orçamento (da saúde, educação, segurança, previdência...) com vistas a ampliar o superávit primário e atender primordialmente aos banqueiros e apostadores da Bolsa de Valores. Dão-se ao luxo de mandar o fruto de nossos impostos para ajudar banqueiros gregos, italianos, espanhóis e portugueses ao invés de prestar atenção à gestão de um país chamado BRASIL. Haja!

            Com um Planejamento Econômico sério utilizaríamos nossos recursos de maneira mais eficiente. Longe, bem longe de ser o ideal, pelo menos nos tiraria do inferno atual de deixar o planejamento a cargo de pseudo-economistas, banqueiros e jogadores. E Desprivatizar! Urgentemente! A privatização de serviços públicos traz tantos males à nossa população que nem podemos avaliar. Confira o brilhante documentário “Vozes Contra a Globalização”, a esse respeito. Disponível aqui: http://www.culturabrasil.pro.br/vozescontra.htm

             A seguir tudo como está, continuaremos votando nos mesmos – com caras e discursos diferentes, quiçá, mas tão venais e incompetentes que a turma que hoje está no poder.

 

Lázaro Curvêlo Chaves – 10/05/2013

Atualização - 13/03/2018

Nada Muda aqui nos Tristes Trópicos: vem aí a "tóica" Urna Eletrônica (só existente no Brasil), Voto Obrigatório (Democracia "Obrigatória", esquisito... Isso não existe há séculos nos países com Democracia Consolidada; comum em Ditaduras mais ou menos disfarçadas como por aqui) e Decisão Autocrática do Juiz Eleitoral em Reunião Fechada ao Público - 13/03/2018

 

Você sabe o uso excêntrico dado aos impostos que pagamos. Confira quanto já pagamos a este desgoverno somente neste ano, em tempo real

 
 

Temas de Interesse

Brasil sob o controle do Crime Organizado

Urnas Eletrônicas e Voto Obrigatório são incompatíveis com a Democracia

A Derrota da Política e sugestões de retificação

Transparência Total no Uso do Dinheiro Público

Entendendo algumas definições ideológicas: comunismo, fascismo, nazismo...

Globalizados e Globalizadores - O Que é Globalização

De fato, vivemos em tempos sombrios…

Entendendo algumas definições ideológicas: comunismo, fascismo, nazismo...

Apontamentos para a história do Brasil - Primeira parte: da posse de Lula da Silva ao Escândalo do Mensalão

Apontamentos para a história do Brasil - Segunda parte: Mensalão, vampiros, sanguessugas, operações “abafa CPI”, queda de ministros corruptos no segundo mandado Lula etc.

Apontamentos para a história do Brasil - Terceira parte: A Queda de Ministros Corruptos e Direitistas no Terceiro Mandato Lula da Silva (através de sua marionete búlgara)

 

 
Leitura Ligada ao Tema
     

 

Lava Jato - O Juiz Sergio Moro e os Bastidores da Operação que Abalou o Brasil - Vladimir Netto

 

História das Constituições Brasileiras, eBook do Professor Marco Antonio Villa

 

Direitos Humanos - 3ª Ed. 2015 - Ricardo Castilho

 
 

Copyleft © LCC Publicações Eletrônicas Todo o conteúdo desta página pode ser copiado e divulgado para fins não comerciais.

É educado sempre citar a fonte... Contato: https://www.facebook.com/lazaro.chaves.54